.feed-links{display:none !important;

Total de visitas

domingo, 1 de outubro de 2017

Vale o que pensas

Vale o que pensas.

Muitas igrejas
Muitas palavras
Muita pregação
Poucos ensinamentos
E muito menos entendimentos.
Convocam milagres
Requerem dinheiro
Não são dignos de sua existência
Só se alimentam porque as gotas caem
O sol brilha
Já que ainda existe a escuridão.
O grande sábio não ensina o só ouvi falar
Jamais doutrina o que não sabe.
-------------------------------------------------------
O aviso veio mesmo antes de tu nasceres
Todo aquele que discursa em nome do Todo-Poderoso
E procura o dinheiro para predominar
Serão caçados como ratos na tuia
Por gatos com desejo de fome.
Ou aquele que dorme sobre ouro
Não sabe o quanto pesa a água de teu corpo.

Tanto um quanto o outro jamais terão o pó juntado novamente.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Cacholas

Cacholas

Muitas das dores de cabeças leves ou enxaquecas são causadas por problemas de coluna, porque quando há alguma alteração na coluna cervical as tensões acumuladas nos músculos da parte superior das costas e do pescoço levam o estímulo doloroso para o cérebro, que responde gerando dor de cabeça, que neste caso é chamada de enxaqueca.
Uma ótima solução natural para dor na coluna e enxaqueca é o chá de gengibre com melissa devido as suas propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, vasodilatadoras existente no gengibre e a melissa é um relaxante e digestivo.


Quero ouvir suas ideias cochichadas na noite, acordando meus desejos insaciáveis, arrancando a minha sede, arranhando os meus anseios de ardor, quero seu corpo colado ao meu, fundindo-se, adorando, acabando-se de excitação.
Quero fazer variações em suas curvas com as minhas próprias mãos, quero libar todas as suas gotas de transpiração quente ou fria, com a ponta do meu linguajar, quero todos os seus bramidos de insanidade e deleite; quero experimentar você de todas as maneiras, quero enamorar sem tempo, minha ternura, meu desejo minha brasa.


segunda-feira, 31 de julho de 2017

eu me transformo.

Não sei se transformo menino, se viro pai ou se mudo todas as coisas. 
Se transformo artista, se modifico vento ou viajante.

Viro santo ou transformo doido.
Quem sabe se viro onça.
Viro a mesa, altero o jogo, giro a página, modifico a vida do avesso e transformo outras. 
Não sei se viro as costas, mudo minha alegria ou simplesmente hoje mudo tristeza.

Talvez até altere uma música, aquela que ainda não aprendi a cantiga.
Ou posso virar os olhos fingindo que não enxergo mais nada.

Ou mais tarde viro silencio.
Sim, eu me transformo.

domingo, 30 de julho de 2017

2018 eleições

 Eleições 2018
O povo não está preocupado com as manifestações pela saída do Presidente porque talvez já tenha se dado conta de que não adianta, pois eles não representam mais uma nação chamada Brasil.
O Presidente já não governa, trabalha para se conservar no cargo e manter o gozo, o que é bem diferente.
Quem manda no governo é a Mesa-redonda ou quadrada, e o Brasil está entregue às moscas. Mosca-da-carne é claro.
Se o povo resolver pressionar a Câmara para que aceite a acusação nos próximos dias, quem assume a Administração é o presidente da Câmara.
Será que devo ilustrar ou está claro que seria trocar tolete por titica?
O único recurso do povo é esperar as eleições de 2018 e mandar pra biboca essa quadrilha que vai tentar se reeleger ano que vem.

Consistindo em ser claro; dito-cujo que se identifica como sendo um Brasileiro para não errar novamente anote o nome de cada um dos 513 deputados, dos 81 senadores e mais os nomes de todos aqueles que os cercam e os mande em 2018 para a casa de todos os desgraçados, que não fica longe, depois da casa dos salafrários, mas! Antes da dos vigaristas, sendo que todas as casas pertencem a uma só dona, a Bagaxa, mãe de todos eles. 

quinta-feira, 6 de julho de 2017

Nascente

Nascente
Nascente poderia ser do meu sol do meio dia ardente
É somente de onde brota a água subterrânea à superfície dando vida a matar a sede.
Água que começa a ter existência no escamar da areia fina aonde é expelida com força por sua saída.
Em forma de rosário, não de rezar, muito menos com contas, nem cruz na ponta, somente um rodear.
Limpa clara e fina que brilha com o espectro de luz que entre uma folha e outra que se reluz no passar.
Pouca na verdade com ligeira e capacidade declive abaixo bate daqui, dali, unindo com outra no encontrar.
Conectada a muitas com força bruta lavando pedras, levando folhas, flores e frutos peixes a sustentar.